Pesquisar este blog

Ácido Fólico previne doenças cardíacas e partos prematuros

 

Ácido Fólico

 

Também conhecido como vitamina B9, pertencente ao complexo B, necessário para a formação de proteínas estruturais e hemoglobina.

Ajuda a evitar partos prematuros e previne doenças cardiovasculares
Ácido Fólico Vitamina B
O ácido fólico é fundamental no tratamento de alguns tipos de anemia, e ajuda a manter os espermatozoides saudáveis. É um componente indispensável para uma gravidez saudável, diminui o risco do Mal de Alzheimer, ajuda a evitar doenças cardíacas, derrame e a controlar a hipertensão.


 

Benefícios:


- Previne a incidência de malformação congênita em crianças;
- Ajuda a evitar partos prematuros;
- Auxilia na prevenção de doenças cardiovasculares;


Informações:


O ácido fólico é essencial à conversão da histidina em ácido glutâmico. Sua carência determina a ocorrência de anemia megaloblástica (tipo de anemia no qual a medula óssea produz glóbulos vermelhos e glóbulos brancos gigantes e imaturos).
O ácido fólico previne doenças cardiovasculares, principalmente nos portadores de distúrbios metabólicos, em que há um aumento da hemocisteína no sangue, atuando como redutor dessa substância tóxica.
Ele também atua em conjunto com a vitamina B12 na transformação e síntese de proteínas. É necessário na formação dos glóbulos vermelhos, no crescimento dos tecidos e na formação do ácido desoxiribonucleico, que interfere na hereditariedade. É imprescindível para mulheres antes da concepção e no primeiro mês da gravidez, a fim de evitar doenças congênitas da criança, como anencefalia e espinha bífida.


Manifestações de carência:


A manifestação principal da carência de ácido fólico é a alta incidência de crianças com mal formação congênita do sistema nervoso, nascidas de mães carentes em ácido fólico no início da gravidez. Também aumenta a incidência de lábio leporino e fissura palatina.
Estima-se que a administração preventiva de ácido fólico neste período e durante toda a gestação, reduziria a incidência de mal formações congênitas em 70%. A falta de ácido fólico aumenta a incidência de partos prematuros.
A carência de ácido fólico é comum em alcoólatras mal alimentados, em desnutridos crônicos, em pessoas que não consomem vegetais verdes como espinafre, acelga, brócolis, e nas pessoas que se alimentam, principalmente, de comidas industrializadas. A carência de ácido fólico, junto com a de vitamina B12, pode levar as pessoas a sentirem vertigens, cansaço, perda de memória, alucinações e fraqueza muscular.
A dieta habitual contém em torno de 0,2 mg de ácido fólico. O cozimento prolongado dos alimentos pode destruir até 90% do ácido fólico.
O ácido fólico sintético é mais bem absorvido pelo organismo humano, segundo dados apregoados principalmente pela indústria farmacêutica.



Alguns alimentos ricos em ácido fólico:

 

evita mal formação congênita em crianças
Brócolis é fonte de ácido fólico
  •  Feijão
  • Laranja
  • Amêndoa
  • Amendoim
  • Fígado
  • Lentilhas
  • Cereais
  • Espinafre, brócolis, couves e todos os vegetais verdes
  • Soja
  • Milho
  • Avelã
  • Caju
  • Tomate
  • Ovos
  • Leite

Cadastre seu e-mail e receba as novas postagens grátis

Informe o seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Amigos do Google+

Amigos do Facebook

Postagens populares

Deixe seu comentário