Pesquisar este blog

Café da manhã a refeição mais importante para a saúde


O café da manhã é a refeição mais maltratada do dia. Muitos o ignoram, alguns o evitam, a maioria o trata com certo desprezo. Poucos são os que realmente o compreendem. Para a ciência da nutrição, no entanto, o café da manhã deveria ser reverenciado por todos. 
Não pule o desjejum, ele é fundamental para o seu organismo



É uma etapa essencial da alimentação, para a saúde, para a manutenção do peso ideal e principalmente, para o equilíbrio de tudo o que se fará e se comerá durante o dia.

Um artigo publicado no Journal of The American Dietetic Association, alertou que os nutrientes não consumidos nas primeiras horas do dia não serão compensados nas refeições seguintes. As pessoas que tomam o café da manhã têm melhor aporte nutricional diário, comparados com aqueles que não tomam. 

Ainda de acordo com o estudo, crianças que tomam o café da manhã, consomem cereais integrais com leite, frutas e iogurtes, o que significa mais macronutrientes (carboidratos, proteínas) e micronutrientes (vitaminas do complexo B, ferro, zinco, cálcio), além de fibras.

Sabemos também que as pessoas habituadas à refeição matinal têm melhor desempenho em testes de memória e na resolução de problemas. Crianças apresentam melhor resultado cognitivo e rendimento escolar. Só benefícios? Sim e tem mais: o desjejum também é fundamental para reiniciar o estímulo do funcionamento intestinal, prevenindo a obstipação e outras doenças do órgão. Até para perder – ou manter – peso, o desjejum é importante. 

Ao contrário do que muita gente pensa, pular o café da manhã não emagrece. Pelo contrário: só fará com que o corpo chegue mais faminto e preguiçoso ao almoço. O fracionamento das refeições ao longo do dia, com a inclusão do desjejum, contribui para o metabolismo energético adequado, ou seja ajuda a equilibrar melhor o que consumimos e o que gastamos.

Aqueles que, por qualquer motivo, não tomam café da manhã, antes de mais nada devem descobrir o motivo. Pode ser que estejam comendo muito tarde – e em grande quantidade – na noite anterior. Se for esse o caso, é preciso empenho para mudar o hábito. A mudança de alguns costumes é o ponto de partida para quem deseja ganhar saúde, bem-estar e alguns anos de vida a mais por meio da alimentação.

O primeiro passo pode ser começar o dia fornecendo ao corpo a energia que ele precisa.

Sugestões do dia:


- Acordar 15 minutos mais cedo para evitar a desculpa de “falta de tempo para o café da manhã”

- Para quem não consome absolutamente nada, a dica é iniciar com metade de uma fruta (meio mamão papaia, banana, pera ou maçã) ou outro alimento, como: torrada, bolacha, barra de cereal, leite, bebida a base de soja, suco ou um copo de vitamina. A ideia é ‘quebrar o jejum’. Não sair de casa de estômago vazio.

- Levar uma fruta ou um suco para consumir no caminho até o trabalho.

- Sair mais cedo, e parar em alguma padaria para tomar o café.

- Fazer essa refeição acompanhado. Além de mais prazeroso, o compromisso com alguém pode ajudar criar o hábito.

- E os pequenos? Aprendem por imitação, vale a pena sentar à mesa e incentivar o consumo nem que seja de um copo de leite batido com banana e aveia, antes de sair de casa para estudar ou brincar. Já é um começo!



Cadastre seu e-mail e receba as novas postagens grátis

Informe o seu e-mail:

Delivered by FeedBurner

Amigos do Google+

Amigos do Facebook

Postagens populares

Deixe seu comentário